PAPE cria mais de 46 mil postos de trabalho no país

A informação foi avançada, ontem, no município da Cameia, província do Moxico, pelo director do Gabinete do Planeamento e Gestão do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), Leonardo Bernardo, quando fazia a entrega de 54 kits para o fomento do auto-emprego.

Leonardo Bernardo avançou que o PAPE tem facilitado a execução dos projectos no que toca à concessão do micro-crédito, atribuição dos kits profissionais no âmbito do fomento do auto-emprego, a formalização de negócios e estágios profissionais.

O responsável garantiu que o Executivo colocou entre as prioridades a elevação dos níveis de bem-estar económico da população, através de um conjunto de projectos, programas e medidas que visam empoderar as famílias e os jovens, em particular.

O director referiu que o PAPE é uma conjunto de políticas de actividades do mercado de emprego que visa a inserção imediata dos jovens em actividades associativas de geração de renda e emprego.

Referiu que a aposta na capacitação da mão-de-obra nacional em curto e longo prazos vai facilitar a avaliação e certificação de competências para a atribuição das carteiras profissionais, assim como a formalização e atribuição dos micro créditos e kits profissionais, obedecendo, deste modo, os critérios de selecção.

Com a implementação desta medida, sublinhou, estará cada vez mais perto a solução prática e realista para restituir a esperança do cidadão através da inserção imediata dos jovens no mercado de trabalho.

Por exemplo, a nível do Moxico, o PAPE já abrangeu um total de 3.061 jovens e criou 2.540 postos de trabalho. Em todo o território nacional, o programa de formação profissional visa abranger um universo de 60 mil jovens e garantir 83 mil empregos.

Fonte: Jornal de Angola

Siga a nossa pagina no Facebook e fique atualizado sobre as vagas de emprego clicando aqui AngoVagas.

Sugestão...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo