Governo lança concurso público para novos técnicos e oficiais de justiça

As vagas atribuídas ao sector serão preenchidas mediante a realização de um concurso público

A atribuição de vagas para o ingresso de técnicos de justiça da PGR vem expressa num despacho conjunto dos ministérios da Justiça e da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social.

O Governo angolano aprovou 450 vagas para o ingresso na carreira de técnicos de justiça do regime especial da Procuradoria-geral da República (PGR) e 500 vagas de ingresso nas carreiras dos tribunais do regime especial de oficiais de justiça.

A atribuição de vagas para o ingresso de técnicos de justiça da PGR vem expressa num despacho conjunto dos ministérios da Justiça e da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, segundo a agência Lusa.

As vagas atribuídas ao sector serão preenchidas mediante a realização de um concurso público. Segundo despacho conjunto n.º 5603/21 de 13 de Dezembro de 2021, já publicado em Diário da República, o órgão central da PGR deve absorver 47 novos técnicos.

O mapa de distribuição de quotas, a serem atribuídas aos 18 órgãos provinciais da PGR, compreende um total de 45 vagas para técnicos principais de terceira, com excepção para as províncias de Malanje, Moxico, Lunda sul e Luanda.

As regiões judiciárias Centro, Sul, Norte, Leste e Cabinda foram contempladas com uma vaga cada para técnico principal de terceira.

Luanda e Cuando Cubango são as províncias não contempladas com vagas para técnicos ajudantes de terceira classe, sendo que cada uma das restantes 16 tem uma quota de três lugares.

Quanto à categoria de técnicos auxiliares de terceira classe, a PGR, junto do Serviço de Investigação Criminal (SIC), vai ganhar 45 novos técnicos, do total das 340 disponíveis, a serem distribuídas pelas 18 províncias, com destaque para Benguela (38) e Huíla (34) e as respectivas regiões judiciárias.

Num outro despacho conjunto, assinado pelas ministras das Finanças, Vera Daves, e da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Dias, as autoridades aprovam 500 vagas de ingresso nas carreiras dos tribunais do regime especial de oficiais de justiça.

O ingresso de 500 oficiais de diligência de terceira classe, refere o despacho conjunto 5604/21 de 13 de Dezembro de 2021, deve ocorrer mediante a realização de concurso público no período económico de 2021. A capital angolana deve absorver o maior número de oficiais de diligência de terceira classe, 230 vagas, seguida por Benguela com 40.

Vagas insuficientes
O Sindicato dos Técnicos de Justiça da Procuradoria-geral da República enalteceu o anúncio do concurso público para o ingresso de 450 novos técnicos de justiça naquele órgão, considerando, no entanto, que é “uma gota no oceano”.

“Este concurso vem em boa hora, porquanto já há muito vivemos e trabalhamos aflitos por falta de nova força, de novo sangue na PGR, uma vez que as pessoas que labutam neste órgão muitos faleceram e outros reformados deixaram um grande vazio”, afirmou Elias Pinto, secretário-geral do sindicato, à Lusa.

Para Elias Pinto, a quota de vagas atribuída à PGR “é uma gota no oceano, pelo país inteiro, esse número é insuficiente”. “Não sei se o Estado observa o país com olhos de ver ou se tem aquela panorâmica concreta de saber o que é que o país precisa e quantos municípios tem, para optar em 450 vagas”, referiu.

Segundo o sindicalista, a “fuga” de alguns técnicos de justiça da PGR “para a magistratura do Ministério Público e para empresas que remuneram melhor” contribuiu para o actual défice de funcionários da PGR, contando, actualmente com menos de 2.000.

“Este défice (de técnicos) tem estado a impedir o bom funcionamento e reduz, completamente, as estatísticas do trabalho que realizamos todos os dias, porque requer força, requer homens e todo o manancial que visa potenciar a própria PGR e o Estado angolano em si”, sublinhou.

Siga a nossa pagina no Facebook e fique atualizado sobre as vagas de emprego clicando aqui AngoVagas.

Sugestão...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Content is protected !!