5 dicas de ouro para se destacar na procura de emprego

Não é novidade como o mercado de trabalho é extremamente competitivo, especialmente para quem está procurando novas oportunidades. Por conta disso, acaba sendo cada vez mais essencial ter um conhecimento bastante específico: saber como se destacar na busca por um emprego.

Da mesma forma que as empresas desejam contratar profissionais que possuem qualificação e que estejam preparados para assumir os desafios e as demandas do dia a dia, quem está buscando trabalho também quer uma boa vaga.

Com isso em mente, saiba que existem alguns passos que podem te ajudar a ser um destaque entre os concorrentes e, claro, ter o sucesso que deseja na vida profissional.

1 – Tenha um foco

Você sabia que a maior parte das pessoas não sabe buscar um novo emprego da maneira certa? Pois é! E aí está o erro número um para não se ter destaque! Muitos começam a enviar currículos para todas as vagas que aparecem, mas saiba que a tática de sair “atirando para todos os lados” não é nada boa.

O profissional que quer entrar ou ser recolocado no mercado de trabalho precisa se preocupar com os detalhes e pensar estrategicamente. E fazer isso é muito mais simples do que parece: crie um planejamento e pense em um trabalho que você deseja, que tenha relação com seu perfil acadêmico e/ou que requer as habilidades que você tem.

Em seguida, comece a procurar por vagas para o seu perfil e faça uma lista das empresas que você tem interesse em atuar.

2 – Revise seu currículo

Antes de enviar o seu currículo para essas empresas e vagas que têm tudo a ver com você, faça uma revisão. Esse é um passo que muita gente acaba deixando para depois ou se esquecendo, mas é essencial. Afinal, o seu currículo é o primeiro contato que um recrutador tem com você – e precisa se destacar entre os demais.

Entre as principais informações e os dados mais relevantes de serem colocados em um currículo estão:

  • Nome completo;
  • Nacionalidade;
  • Cidade e bairro em que mora;
  • Telefone e e-mail para contato;
  • Link para o perfil no LinkedIn;
  • Objetivo;
  • Formação acadêmica;
  • Experiências profissionais;
  • Habilidades;
  • Idiomas.

Além disso, não esqueça de colocar as qualificações – de preferência, de acordo com os requisitos da empresa. Inclua todas as competências que fazem sentido para a vaga que você almeja e, também, a realização de cursos complementares que agregaram conhecimentos para a sua formação, como uma pós-graduação.

3 – Use o seu networking

Fazer networking é trocar conhecimentos com outras pessoas, ajudar e fazer colaborações. Por isso, se você criou amizades nas suas experiências anteriores, seja educacional ou de trabalho, saiba que elas podem te ajudar fora da instituição de ensino ou do escritório.

Sim, manter-se próximo de colegas de estudo e trabalho, especialmente aqueles que estão ativos no mercado, pode te ajudar (e muito!) em futuras contratações.  Nesse momento de busca por um novo trabalho, é hora de “dar a cara a tapa” e perguntar se eles podem te indicar para vagas nos locais onde trabalham ou se conhecem empresas que estão contratando alguém do seu perfil.

4 – Cuide da sua presença online

Essa é a era das redes sociais, então que tal usar seu tempo para cuidar da sua imagem online? Faça uma análise das suas redes sociais e, principalmente, atualize o seu Linkedin. Essa é a rede social quando falamos de mercado de trabalho e permite que você adicione que está em busca de recolocação, tanto no perfil quanto na sua foto.

Também é essencial que a sua experiência profissional seja colocada de forma organizada e detalhada no seu perfil. Além de trabalhos anteriores, deixe visível a sua área de atuação, formação, cursos de especialização e outros detalhes importantes. Assim, quando os recrutadores acessarem o seu perfil, verão que você está sempre em busca de novos conhecimentos.

Pense no Linkedin como um meio idealizado para o universo profissional. Nele, são publicadas diversas oportunidades de emprego e é por onde muitas empresas entram em contato com os futuros colaboradores.

Isso quer dizer que, se você está no meio online, as chances de ser chamado para uma entrevista podem ser ainda maiores – ainda mais porque atualmente existe a “candidatura simplificada” diretamente pelo perfil.

5 – Busque sempre mais conhecimento

Estar na busca por um emprego não significa que você deva deixar de lado a procura por novos conhecimentos. Na realidade, é o contrário. Aproveite que você está analisando as vagas nos sites e nas redes sociais e veja quais são os conhecimentos mais requisitados. A partir disso, você pode se inscrever em palestras, cursos livres ou até em uma pós-graduação para se especializar em determinado tema.

Além de te ajudar a se destacar entre os recrutadores, irá contribuir para adquirir novas habilidades, aprender mais sobre a sua área e alavancar a sua carreira.

Siga a nossa pagina no TELEGRAM e fique atualizado sobre as vagas de emprego clicando aqui AngoVagas.

Sugestão...

Botão Voltar ao Topo